quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Bela Maldade, por Rebecca James

Bela Maldade
Editora: Instrinseca
Número de Páginas:  302
Compre: Saraiva | Submarino


Apóis uma horrível tragédia que deixou sua familia, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna dificil quando ela conhece a linda e sociável Aline Parrie. Incapaz de resistir á anteção que Alice lhe dedica, katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passar a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...



Bela Maldade é aquele livro que nos surpreende e nos intriga ao mesmo tempo pela capa. Ela é linda, mas olhando-a com mais precisão, veremos que ela também tem o  seu perigo, mostrando-nos um pouco sobre o enredo do livro, que é um thriller psicológico.
Somos apresentandos á Katherine, ou apenas Katie, em três fases de sua vida: o presente – onde está com 22 anos e com sua filha, o passado até a morte de sua irmã Rachel e o período de escola, onde conhece Alice, o furacão que se tornou sua amiga.
Katherine é uma garota que prefere passar despercebida pelos corredores do seu colégio e não se importa por não ter as melhores médias, ela não quer se notada e a tem como amiga a solidão. Ela convive com seus próprios demônios, pois até hoje não se perdoa pela forma com a qual sua irmã foi brutalmente assassinada, e ela carrega esta culpa, um peso que ela pensa que irá carregar por toda vida, pois não consegue se imaginar casando, tendo filhos e uma vida feliz sabendo que Rachel nunca realizará nada daquilo.
Até que ela conhece Alice, que é o tipo de pessoa que onde passa, os holofortes a seguem. Alice é linda, e adora viver rodeada de pessoas, com ela sempre sendo o centro das atenções e, de uma forma até irônica, ela e Katie tornam-se amigas.  Katie de inicio, não queria muito conviver com Alice, mas depois de um tempo, ela sentiu-se viva de novo, como não se sentia desde antes a morte de Rachel. Ela saia, se divertia, bebia, conversava, fez amigos.
Mas havia um lado de Alice que Katie não conhecia, o lado perverso dela. Alice não gostava de ser rejeitada, e grande parte do tempo ela era sádica, e tinha prazer em desprezar as pessoas, e as humilhava de uma forma brutal. Ela é o pior tipo de personagem que pode existir, o verdadeiro perfil sociopata, a autora Rebecca James soube descreve-la perfeitamente, de forma que meu estomago se embrulhava toda vez que Alice “entrava em ação”.
Bela Maldade é livro que não tem leitura prazeirosa, mas que consegue ser viciante. O livro é ótimo, mas com uma história terrivelmente triste, e tçao verdadeiramente narrada, que em certos pontos da leitura, me fez parar durante alguns minutos para absorver os conflitos humanos retratados no livro.
É uma leitura perigosa, que traz ao leitor sentimentos agoniantes e perturbadores, é como levar um soco no estômago, um thriller psicológico muito bem construído.



6 comentários:

David.H.S disse...

Olá!
Nossa, que livro.Nunca tinha ouvido falar deste livro. só havia visto a sua capa.Gostei demais da estória e pretendo ler em breve.
Linda resenha, parabéns!
Se poder visite o meu blog:http://www.istoeleitura.co.cc/
Beijos!

Pri :) disse...

estou mto curiosa rpa ler esse livros, bjs pri

pri e os livros

Caue1507 disse...

parece ser uma história muuuito lgl, fico com medo da Alice só pela sinopse D: husuhahua

--
hangover at 16

Mireliinha disse...

Do jeito que você colocou, divinha, não parece ser um livro pra mim, rs.
Sentimentos perturbadores? Não dá! Sou molenga! kkk


:*
Mi
Inteiramente Diva

Ana Ferreira disse...

Thata,

Adoro livros nesse estilo, com temáticas mais perturbadoras e, não sei se é só comigo, mas essa Alice me lembra demais da Alison de PLL, até o nome é parecido heiuehiuehe

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Thais Priscilla disse...

Estou louca pra ler esse livro. Parece ser surpreendente *-* Capa linda demais.

Beijos,
Thais P.
http://thaypriscilla.blogspot.com

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Seu comentário é muito importante para mim e para o Blog!
Responderei assim que possível!

Obrigada!

 
Layout de Giovana Joris