terça-feira, 26 de julho de 2011

Caixinha de Música #4

Oi pessoal! 
Estamos aqui, em mais uma terça - feira!! Nosso post de hoje será um pouquinho diferente do habitual. Espero que gostem :) 


"Quando a morte conta uma história, você deve parar para ler"

Isso mesmo, o CDM #4 traz pra vocês um livro narrado pela morte!
"A menina que roubava livros" de Markus Zusak passa-se no auge da 2ª Guerra Mundial.
Lisel Meminger e seu irmão mais novo são levados pela mãe ao bairro de Molching, próximo a Munique. Na rua Himel, vivem Rosa e Hans Hubermann (um casal um tanto quanto peculiar, mas de bom coração) que adotariam Lisel e o irmão. No meio da viagem o irmão mais novo de Lisel morre, e então a garota encontra-se pela primeira vez com a morte e com o que se torna uma de suas grandes paixões, um livro ! Nas aventuras pelas ruas da Alemnha em busca de livros, Lisel está sempre acompanhada de Rudy Steiner (o vizinho que em plena Alemanha nazista se pintou com barro e saiu correndo dizendo que era Jesse Owens). Rudy nutria uma paixão (declarada até) por Lisel, e Lisel (mesmo negando até o último) também sentia algo por Rudy.
O modo como a história caminha é surpreendente! A riqueza de detalhes, as cores (que são muito mencionadas pela morte), e até mesmo os sabores são sentidos durante a narrativa.
A história é tão envolvente, que por muitas vezes cheguei a chorar lendo o livro.
Para trilha sonora de "A menina que roubava livros" escolhi Everything do Lifehouse




Além de ter uma melodia PERFEITA, Jason Wade caprichou na composição! Portanto, hoje além do vídeo, trouxe também a tradução pra vocês se apaixonarem
Fuçando em meus arquivos musicais, encontrei uma musica que se encaixa bonitinho no "romance" de Lisel e Rudy (AAAH as paixonites da infância *-*)
E aqui está ela... You and Me do Lifehouse:


Também com tradução pra vocês se derreterem :D
Espero muuuuito que tenham gostado, semana que vem tem mais !!
Besitos ;*


Quem é a Kamily?

Kamily Alves de Carvalho Chiconelo Sanches (é, meu nome é isso tudo ai mesmo), 

19 anos, Guarulhense, FUTURA DENTISTA, sagitariana, tagarela, impulsiva, apaixonada por cachorros, chata, legal, às vezes ciumenta, amante da liberdade... Sim, sou todos os extremos !

Gosto de casa cheia, de amigos reunidos, de bagunça... Gosto de carinho, de abraço, de sorriso, demonstração de afeto... aaah sou carente mesmo !

Cheia das gracinhas... sou bem palhacinha na maioria das vezes, mas também pra me tirar do sério não é muito difícil... Não vou enumerar aqui minhas paixões, pois são muitas, mas desde pequena sempre associei os melhores e os piores momentos da minha vida a uma canção. A musica me acalma, me agita, me alegra, me entristece... A verdade mesmo é que a musica me completa. Esse turbilhão de sentimentos ficou ainda mais forte depois que um teco de madeira com umas cordinhas chegou em casa, chamei ele de NEGÃO... Negão, meu violão. Nossa... e ainda tem a dança, o espanhol, os amigos, a família, os purguento... Na verdade sou mesmo o que faço e os que me cercam.





6 comentários:

Jéssica Polato disse...

Oi Thata...

Sempre tive curiosidade em ler esse livro. Mas nunca crio coragem. Não sei o que é, mas tenho a impressão de que não vou gostar. E aí vou ficar brava e tudo mais..hahaha
E bela escolha de musicas do Lifehouse.

bjinhuxxx
Eu li e Divulgo

Sthaelle disse...

Acho que sou supeita em falar..
eu AMO Lifehouse, e acho que não poderia ter escolhido trilha melhor!

Sthaelle

Thaís Varine disse...

Amei as escolhas da música! Adoro Lifehouse e adoro mais ainda o livro!!!

Beijos

Carolina disse...

Lifehouse é amor!
Ouço sempre que to meio pra baixo... Sabe como é, as músicas mais depressivas sempre ouvimos quando estamos mal :')

Beijos!

karolinysilva disse...

Nossa, combinou direitinho a música com o livro hahah. Parabéns sua linda *-*

Edy disse...

Adorei... Da até uma vontade de ler o livro. *--* Parabéns, Ka <3

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Seu comentário é muito importante para mim e para o Blog!
Responderei assim que possível!

Obrigada!

 
Layout de Giovana Joris