sexta-feira, 29 de julho de 2011

A Morte do Cozinheiro - Allan Pitz

A morte do Cozinheiro 
Editora: Above Publicações
Páginas: 80
2° Edição 

É verdade, eu matei o cozinheiro. Em momento algum deste livro negarei que matei o sórdido cozinheiro com minhas próprias mãos de escrever versos. Havia motivo claro em saciar-se com a sua morte, morte de quem por carne e gozo objetou-se ao incomensurável amor que me tornava tão puro. Eu estripei-o com suas facas imundas de trabalho banal, e escalpelei por mimo infantil, de criança brincalhona, ao ver os índios e escalpes na TV. Matei o demônio com noventa facadas, cultivando um novo demônio sanguinário em mim, portanto não negarei ter feito a coisa mais maravilhosa que eu poderia fazer por minha inconsequência gloriosa naquele momento: Eu matei o cozinheiro. A morte do cozinheiro já deve ser considerada uma das obras literárias mais intensas e atuais sobre a dor de cotovelo e o ciúme. De forma singular o autor nos guia sem medo até o amor doente de Luiz Aurélio e as psicoses novas da recente solidão induzida. 

Luiz, um jornalista aspirante a escritor, conhece Carmem, e logo se apaixonam.
Movidos pelo amor por livros (já que se encontraram pela primeira vez em um evento literário) que ambos compartilham e, pela mãe de Carmem que não aceita o romance dos dois, eles decidem morar juntos em um “quartinho” nos fundos da casa de Luiz.
Mas nem mesmo assim tiveram paz, e sucesso . Carmem sempre apoiou Luiz e lhe dava moral e incentivo aos textos que escrevia, mas as coisas não pareciam dar certo para os dois. Até que Luiz rompe com Carmem e todo o inferno maior começa.

Alguns meses depois, Carmem conhece o cozinheiro e algum tempo depois passam a morar juntos e planejam se casar, para desespero de Luiz que não admite ter sido trocado por um mísero scozinheiro que veio de longe tentar a vida e lhe rouba a mulher!
As coisas ficam piores para Luiz e cada vez mais ele definha . Em certo nível, recebe telefonemas anônimos lhe dizendo que o cozinheiro está drogando Carmem e planeja mata-la .
Era o que faltava para Luiz criar um plano e resgatar a única mulher que realmente amou.

A Morte do Cozinheiro, assim de tudo é uma história de amor, ódio superação e vingança. Acho que o autor poderia ter aproveitado um pouco mais a trama, colocado mais alguns pontos de suspense , porque a idéia é realmente muito boa. Não digo que a história é ruim, porque não é, pelo contrário, é boa, mas com alguns ajustes ela com certeza ficaria melhor.
O livro é curtinho e pode ser lido em menos de uma hora. 



Este livro faz parte do BookTour SeloBrasileiro!


15 comentários:

Thais Priscilla disse...

Eu já li mas não gostei mt não :/

Kamila Raupp disse...

Oi Thata!
Já li algumas resenhas desse livro, a capa me chama a atenção, mas a história não sei se prenderia ainda mais que ele pode ser lido em uma hora .-.

Beijos, Kamila.

http://vicio-de-leitura.blogspot.com/

Anônimo disse...

Sinto muito,mas não gostei da estória,Bjs Thatá.
Eva Munhoz

Raphaela disse...

Aaaim, confesso pra ti que eu li o livro mas nao gostei nao.

Beijokas:*

Raphaela
Equalize da Leitura
@EqualizeLeitura

Jessica Asato disse...

Oi flor!!
Hum, eu tive a oportunidade de ler este livro e confesso que não me conquistou. Ele foi muito rápido, como se quisesse se livrar dessa culpa expondo pra gente o ocorrido mas não dá tempo de a gente se "pegar" na leitura sabe? Não me cativou, mas fica a dica pra quem gosta desse tipo de leitura né? ;)

Beijos!

Nathália Risso disse...

Oi xuxu :)
Adorei a resenha! Foi uma leitura muito diferente para mim e também achei que o autor poderia ter aproveitado mais o desenvolvimento da história!
Eu gostei, mas não é meu tipo de leitura hehehe
Obrigada pela visita e pelo comentário!
Tem post novo no blog: Resenha - Depois daquele beijo
Participe das promoções do blog -> http://migre.me/5e4eo
Passa lá :)
Beijos, Nath
@brgnat
Books In Wonderland - http://www.booksinwonderland.com

Miriam, Booker Queen! disse...

Ah, pela sinopse eu leria, mas pelos comentários... Sei não! Vou pensar mais se compro ou não.
Gostei mesmo foi da capa!

Beijos,
Miriam.
bookerqueen.blogspot.com

Thaís Varine disse...

Vontade eu tenho de ler, mas acho que seja mais por curiosidade do que por qualquer outra coisa. Mas acho que não seja o meu tipo de leitura ;D


Beijos

Juliana G.N. disse...

A capa é macabra ahuahuahuahu. gosto de inovar, de arriscar num novo livro e esse chamou minha atenção. Especialmente por que parece que a galera não ta apostando muito nele ahuahauu e ja ouvi críticos despejarem elogios para esse autor. Vou arriscar e procurar esse livro.

beijoss

Juh Neves

nossa estante - livros, resenhas e promoções

Mireliinha disse...

Eu imaginava que essa história era completamente diferente hahahaha
Acho que vou gostar!

:*
Mi
Inteiramente Diva

Luciane Eleotéria disse...

O enredo e a capa do livro é interessante mas não é uma leitura que atrai.

@luci_eleoteria

Leeh disse...

Nossa, o livro é curtinho MESMO. 80pgs só? caramba...
Eu adoro a capa, e fiquei com muita vontade de ler! Mas eu (Leeh) não estou participando do BookTour... na verdade, quem tá e a Mari, aqui do blog *-* Espero que ela goste, viu HAHAA. Porque eu realmente quero ler :(

Caue1507 disse...

não sabia q o livro era tão curtinho assim^^ msmo assim acho que eu demoraria mais para ler, sou bem lerdo para leitura sahusahusa D: mas desde q li a sinopse e resenhas achei muito interessante a história, o modo como luiz jah se entrega ao leitor como culpado logo de cara eh mto lgl!^^

--
hangover at 16

Anônimo disse...

Gostei bastante. de primeira no sebo pensei q o autor fose russo HEHEHEHE.. O lance é q o narrador cornão tá pirado e despeja no leitor. Não sei se o autor é pirado (e corno) nem quero julgar nada, mas é legal ver as coisas tortas passando pela cabeça do assassino. Parece confissão mesmo.
É livro pra quem tem estômago.

@leulis_Oliveira

Anônimo disse...

A capa chama muita atenção,gostei da resenha.

Jayane

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Seu comentário é muito importante para mim e para o Blog!
Responderei assim que possível!

Obrigada!

 
Layout de Giovana Joris